Brasão da Alepe

PROJETO DE LEI ORDINÁRIA 2887/2021

Denomina Rodovia Empresário Armando Wanderley da Fonte a PE-312, que liga a entrada da BR-232 - Entr. 232APE331 (Custódia, Centro) até a entrada da BR-110 (Boa Vista, Ibimirim).

Texto Completo

      Art. 1º Fica denominada Rodovia Empresário Armando Wanderley da Fonte a PE-312, que liga a entrada da BR-232 - Entr. 232APE331 (Custódia, Centro) até a entrada da BR-110 (Boa Vista, Ibimirim).

     Art. 2º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Justificativa

      A presente proposição tem por objetivo prestar justa homenagem (in memoriam) ao ex-empresário Armando Wanderley da Fonte, por meio da denominação da Rodovia PE-312, que liga a entrada da BR-232 - Entr. 232APE331 (Custódia, Centro) até a entrada da BR-110 (Boa Vista, Ibimirim).

     Armando Wanderley da Fonte nasceu no Engenho do Poço, município de Palmares, em 15 de março de 1919. Foi casado com Maria de Lourdes Dourado da Fonte, com quem teve 5 filhos: Antonio Cardoso da Fonte Neto, Celina Maria Dourado da Fonte, Armando Wanderley da Fonte Filho, Eduardo Dourado da Fonte e Ricardo Dourado da Fonte.

     Cursou o primário na terra natal e o ginasial no Colégio Salesiano, no Recife. Conseguiu sua emancipação civil e econômica ainda jovem, tendo ocupado vários empregos. Até os 21 anos foi auxiliar de seu pai em uma casa comercial na capital. Em 1940, começou a trilhar seu próprio caminho. Enveredou pelo sertão para explorar o ramo do beneficiamento do caroá. Ao mesmo tempo representava a Cia. Automobilística International e atuava no comércio de combustíveis e nos serviços de hotelaria daquela região.

     Em julho de 1951, foi para Caruaru onde inaugurou uma agência de automóveis denominada A International. Três anos depois, fundou a firma Armando da Fonte&Cia., com agência Willys de automóveis, inclusive com setor de peças. Conciliava essas atividades com outro negócio no Recife: era concessionário da Willys Overland no Brasil, onde mantinha a agência Auto Jeep Recife, com filial em Garanhuns. Ainda em Caruaru desenvolveu a indústria de óleo de caroço de algodão e mamona.  Foi, por 17 anos, presidente da Associação Comercial e Industrial daquela cidade. 

     Em 1962, mudou para o Recife, mantendo suas atividades industriais e comerciais em Caruaru, quando foi nomeado Concessionário Willys Overland e Mercedes Benz.  Desenvolveu também atividades agropecuárias, tendo introduzido no Estado de Pernambuco o capim forrageiro "buffel gray" e o gado Santa Gertrudis. Além das nomeações em Caruaru, representou em Recife a DKV Vemag, Volkswagen do Brasil, Terex, Engesa, Motos Honda e Massey Fergusson. Posteriormente tornou-se concessionário da Wemag do Brasil.

     Em 1969, o Armando conseguiu a marca de 1.000 veículos Chevrolet comercializados no Recife. 

     O ex-empresário Armando Wanderley da Fonte faleceu no dia 2 de dezembro de 1982; deixando como legado suas lições de vida, cidadania e empreendedorismo.

     Diante de tais considerações, peço o apoio dos nobres Deputados para a aprovação do presente Projeto de Lei.

Histórico

[18/10/2021 17:29:02] ASSINADO
[18/10/2021 17:29:10] ENVIADO P/ SGMD
[21/07/2022 09:55:42] AUTOGRAFO_PROMULGADO
[21/07/2022 09:56:05] AUTOGRAFO_TRANSFORMADO_EM_LEI
[22/11/2021 09:59:12] ENVIADO PARA COMUNICAÇÃO
[22/11/2021 19:25:48] DESPACHADO
[22/11/2021 19:26:07] EMITIR PARECER
[22/11/2021 20:03:00] ENVIADO PARA PUBLICAÇÃO
[23/11/2021 14:45:13] PUBLICADO
[29/06/2022 13:46:29] EMITIR PARECER
[30/06/2022 12:54:22] AUTOGRAFO_CRIADO
[30/06/2022 14:25:38] AUTOGRAFO_ENVIADO_EXECUTIVO





Informações Complementares

Status
Situação do Trâmite: AUTOGRAFO_PROMULGADO
Localização: SECRETARIA GERAL DA MESA DIRETORA (SEGMD)

Tramitação
1ª Publicação: 23/11/2021 D.P.L.: 44
1ª Inserção na O.D.:




Documentos Relacionados

Tipo Número Autor
Emenda 1 Ana Cecilia de Araujo Lima
Parecer FAVORAVEL 7371/2021 Antônio Moraes
Parecer FAVORAVEL 7734/2021 José Queiroz
Parecer REDACAO_FINAL 9577/2022 Alessandra Vieira