Assembleia celebra 40 anos da Igreja Universal do Reino de Deus

Em 29/08/2017 - 20:08
-A A+
08-29-solene-kc-187

SOLENE – Deputado Bispo Ossesio Silva propôs realização da homenagem à instituição religiosa que está presente em mais de cem nações. Foto: Kerol Correia

A partir de proposição do deputado Bispo Ossesio Silva (PRB), a Assembleia Legislativa realizou, nesta terça (29), uma Reunião Solene pelos 40 anos da Igreja Universal do Reino de Deus. Fundada no Brasil, a denominação religiosa tem ramificações em mais de cem países.

A história da Igreja Universal teve início num coreto, em um subúrbio do Rio de Janeiro, onde o pastor Edir Macedo Bezerra começou a fazer suas pregações para poucos ouvintes. A inauguração do primeiro templo ocorreu em 9 de julho de 1977, com um culto realizado no prédio de uma antiga funerária para cerca de 200 pessoas.

Atualmente, a instituição dispõe de 320 bispos e 14 mil pastores, que atuam em sete mil templos para cerca de sete milhões de seguidores no Brasil. A Universal também possui canais de mídia, como emissora de televisão, rádio e sites, além de programas veiculados por diversas redes de TV do País.

Afora os cultos, a Igreja realiza trabalhos de cunho social, como evangelização em asilos e orfanatos, e o Projeto Anjos da Madrugada, que busca amparar pessoas que vivem nas ruas. Essas iniciativas foram lembradas pelo deputado Sílvio Costa Filho (PRB), que presidiu a solenidade. “Parabenizamos a Igreja Universal e estendemos nossas felicitações a todos os bispos, pastores e fiéis que a compõem”, destacou.

Bispo Ossesio afirmou que são 40 anos de “muita luta, renúncias e perseguições”. “Vemos Deus exaltando o trabalho da Igreja Universal”, frisou.  O representante da instituição em Pernambuco, Bispo William Brígido, afirmou que a Igreja é feita de pessoas que realizam um intenso trabalho espiritual e social: “Pessoas que doam sua vida, fazem um trabalho voluntário e permitem que tudo isso aconteça. É a união de um povo que saiu da dor, como eu, e hoje estou aqui”.