Brasão da Alepe

Requerimento No 697/2015

Texto Completo

Requeremos à Mesa, ouvido o Plenário e cumpridas as formalidades regimentais
que seja enviado um VOTO DE APLAUSO ao município de SIRINHAÉM pelos seus 120
anos de Emancipação Política, comemorado no dia 12 de junho.

Justificativa

O litoral de Pernambuco era habitado por índios do tronco linguístico macro-jê
há milhares de anos. Por volta do ano 1000, a região foi conquistada por povos
de língua tupi procedentes da Amazônia. Um destes povos, os caetés, ocupavam a
região do atual município de Sirinhaém no século XVI, quando os portugueses
chegaram à região, ocuparam suas terras.
A povoação de Sirinhaém, que inicialmente era denominada Vila Formosa de
Sirinhaém, data de 1614, quando moradores da região construíram ali uma capela.
Entre 1620 e 1621, foi construída uma igreja e a vila foi elevada à categoria
de freguesia. A criação do município autônomo data de 3 de agosto de 1892.
O povoado nucleou-se às margens do Rio Sirinhaém, a cerca de duas milhas do
litoral e possuía um porto. Em 1627, foi elevado à categoria de vila e possuía
cerca de 500 habitantes. Nesta época, a região contava com 12 a 13 engenhos e
uma produção de açúcar relevante e de boa qualidade, que era escoada pelo
porto. Durante o domínio holandês, Sirinhaém foi um dos quatro distritos nos
quais foi dividida a Capitania de Pernambuco: Olinda, Igarassu, Vila Formosa de
Sirinhaém e a quarta, que tinha início em Sirinhaém e ia até o Rio São
Francisco.
Em 1645, a região foi reconquistada pela Companhia da Restauração comandada
pelo capitão Paulo da Cunha Souto Maior, assistido por Vidal de Negreiros.
Sirinhaém foi elevada à categoria de município em 5 de janeiro de 1893, de
acordo com a Lei n°52, de 3 de agosto de 1892, tornando-se independente da
comarca do Rio Formoso, por Ato do governo estadual em 29 de março de 1894.
Pela lei estadual n°100, de 12 de junho de 1895, a vila de Sirinhaém foi
elevada à categoria de cidade.
O município é constituído de 4 distritos: Sirinhaém (sede), Barra de Sirinhaém,
Santo Amaro e Ibiratinga.
A cidade de Sirinhaém, no Litoral Sul pernambucano, completa neste dia 12 de
Junho, 120 anos de Emancipação Política. O município localiza-se a 76 km do
Recife. Além das praias, que figuram entre as mais belas do Nordeste, Sirinhaém
oferece também uma grande riqueza cultural que se traduz principalmente em seu
conjunto arquitetônico. As praias também são grandes atrativos. A da Barra de
Sirinhaém, uma praia fluviomarinha - cercada por rios de um lado, e mar do
outro - proporciona uma bela vista do Rio Sirinhaém e é a favorita dos
praticantes de esportes náuticos, como o jet ski.
Já as praias de Guaiamum e a de Gamela, se destacam principalmente por serem
emolduradas por casas de veraneio. É na praia de Mariassú que está localizado o
Píer Mariassú, com quase 300 metros de comprimento, o maior de Pernambuco, de
onde atracam diversas embarcações.
A Ilha de Santo Aleixo é o principal ponto turístico de Sirinhaém e conhecida
dos navegantes portugueses desde o ano de 1523, e seu nome é em homenagem a
data de seu descobrimento, 07 de julho. De uma beleza natural e encantadora,
principalmente pelas rochas vulcânicas, a ilha, de acordo com historiadores, é
um vulcão adormecido.
Portanto na passagem de mais um aniversário do importante município de
Sirinhaém, envio os parabéns, a fim de prestar esta justa homenagem.

Considerando como plenamente justificado, só nos resta solicitar dos nossos
ilustres pares nesta Casa Legislativa, sua necessária aprovação, no intuito do
seu atendimento.

Sala das Reuniões, em 1 de junho de 2015.

Bispo Ossésio Silva
Deputado


Informações Complementares

Status
Situação do Trâmite: Enviada p/Publicação
Localização: Publicação

Tramitação
Publicação: 04/06/2015 D.P.L.: 14
Inserção na O.D.: 08/06/2015 Página D.P.L.:




Esta proposição não possui emendas, pareceres ou outros documentos relacionados.