Brasão da Alepe

Projeto de Lei Ordinária No 400/2015

Institui o Dia Estadual do Obreiro, a ser comemorado anualmente no 3º domingo do mês de agosto, no Estado de Pernambuco.

Texto Completo

Art. 1º Fica instituído o dia Estadual do Obreiro a ser comemorado anualmente
no 3º domingo do mês de agosto.
Parágrafo único. A data passará a fazer parte do Calendário do Estado de
Pernambuco.
Art. 2º Esta lei entra em vigor na data se sua publicação.

Justificativa

O presente projeto visa reconhecer os trabalhos sociais realizados pelos
obreiros da Igreja Universal do Reino de Deus em todo o estado de Pernambuco.
Na busca incessante em ajudar o próximo, os obreiros da Universal, são
voluntários que, de forma incansável, abrem mão do conforto de seus lares e do
tempo do lazer, visando unicamente à evangelização nas comunidades, hospitais,
casas de recuperação, presídios e asilos, um trabalho admirável de oração,
libertação espiritual e ensino da Palavra de Deus. No entanto, o trabalho de
receber quem chega à Universal é apenas um exemplo das atividades desempenhadas
pelo obreiro, esses voluntários exercem um trabalho bastante abrangente, indo
muito além da recepção e do aconselhamento espiritual prestado àqueles que
buscam uma palavra de conforto. Sempre dispostos a colaborar em qualquer
circunstância, sacrificando sua própria vontade, esses voluntários têm
colaborado de forma fundamental para a libertação e transformação de milhares
de vidas em nosso estado.
Em Pernambuco, são cerca de 4.500 (Quatro mil quinhentos) obreiros que
trabalham em diversos setores do estado, através de programas, projetos e ações
sociais apoiados por inúmeras entidades, beneficiando milhares de crianças,
jovens, adultos e idosos. A Universal conta com o apoio desses voluntários para
propagar o evangelho aos necessitados e para promover a realização dos
respectivos trabalhos sociais, realizados através de projetos e programas
específicos como:
Agente da Comunidade
Tem o objetivo de estimular a cidadania e promover a melhoria das condições
sociais da população carente, além de levar informação às pessoas para que
tenham conhecimento sobre seus direitos e deveres. O Agente da Comunidade
visita asilos, orfanatos e hospitais, levando palavras de incentivo para todos.
Organiza doações de alimentos e roupas – que são distribuídos a famílias
carentes, promove cuidados higiênicos, exames simples de saúde, avaliação da
saúde bucal e orientação jurídica, entre muitos outros atendimentos. Além do
trabalho dos obreiros, o projeto conta com um grupo de voluntários formado por
assistentes sociais, conselheiros tutelares, dentistas, oftalmologistas,
advogados, psicólogos, pedagogos, cabeleireiros e manicures, entre outros
profissionais, e acompanha os casos com atenção e proximidade, realizando um
atendimento especializado para cada pessoa que comparece aos eventos promovidos
pelo grupo.
Educação Bíblica Infanto Juvenil (EBI)
Em todos os templos, as crianças e pré-adolescentes recebem um atenção
especial, a EBI tem como missão formar uma geração consciente sobre valores e
responsabilidades, além de oferecer orientação e apoio aos responsáveis pelas
crianças. A EBI utiliza recursos audiovisuais, leituras, brincadeiras
didáticas e diversas atividades lúdicas para atrair a atenção e educar os
menores. Assim, a mensagem cristã é passada para as crianças formando adultos
conscientes e cidadãos honestos. A fim de manter o alto nível instrucional, os
obreiros voluntários da EBI participam periodicamente de reuniões, workshops,
palestras e treinamentos, para estarem cada dia mais capacitados
espiritualmente e pedagogicamente.



TF Teen
É um grupo formado dentro da Universal que se dedica exclusivamente aos pré-
adolescentes com idade entre 11 e 14 anos. Sabendo que, nessa idade, a criança
precisa de atenção especial, os conselheiros voluntários se dedicam, em todo o
estado, a orientar os pré-adolescentes integrantes do grupo. A missão do TF
Teen é clara e estimulante, por meio de ensinamentos bíblicos, almeja proteger
as crianças contra os males que o mundo pode oferecer, como abusos, violência e
mau comportamento e torná-las fortes para poderem ingressar na vida adulta,
seguras e confiantes. O grupo acolhe pessoas de todas as regiões do estado, de
todas as classes sociais. No TF Teen, as crianças compartilham experiências e
praticam atividades que as desenvolvem emocionalmente. Assim, fortalecem a
autoestima, refinam o caráter, aprendem o respeito ao próximo e a honestidade,
além de valores familiares e princípios de cidadania. O TF Teen colabora na
formação dos jovens que, no futuro próximo, guiarão nossa sociedade. É por meio
da educação deles que construiremos um mundo cada vez melhor, o apoio dos
obreiros nessa missão é fundamental para o sucesso do trabalho.
Grupo de evangelização
Tem por objetivo levar a mensagem libertadora e transformadora do Senhor Jesus
para os sofridos, procurando dar a eles uma direção a seguir. Testemunhos de
pessoas que já provaram do poder de Deus, jornais, folhetos, convites, entre
outros, são instrumentos usados para que vidas sejam alcançadas pelo Amor de
Deus. Semanalmente, os obreiros reúnem-se para visitar em hospitais aqueles que
se encontram em um leito, aguardando atendimento nas enfermarias ou somente
acompanhando um familiar doente. Também visitam os presídios e levam apoio
espiritual aos detentos por meio da Palavra de Deus. Eles também colaboram com
a doação de alimentos, kits de higiene, Bíblias, livros e serviços de saúde e
bem-estar.


O Força Jovem Universal (FJU)
O objetivo é alcançar a juventude que se encontra perdida nas drogas, nos
vícios, na criminalidade ou que sofre com um permanente vazio interior e sem
perspectiva de vida. Como meio de chegar até essas pessoas, o grupo, formado
por membros e obreiros voluntários, desenvolve diversas atividades culturais,
sociais, esportivas e espirituais. Os projetos desenvolvidos pelo FJU vão desde
conscientização e prevenção às drogas a prática de atividades esportivas,
cursos – inclusive em parcerias com universidades –, até atividades culturais e
de lazer, como teatro, cinema, coral, banda, canto, dança, além de passeios
turísticos e eventos musicais. Na área social, o FJU, além de combater as
drogas, realizar doação de sangue, doação de alimentos, roupas e livros em
comunidades carentes e clínicas de recuperação, promover ações de
conscientização e cidadania, oferece cursos gratuitos a pessoas carentes e as
encaminham ao mercado de trabalho, também apoia socorristas em situações de
emergência e tragédias, com a entrega de água, lanches e outros materiais
necessários.



Calebe
O grupo leva qualidade de vida a pessoas da terceira idade. Os idosos
participam de atividades recreativas, cursos de capacitação profissional, com
informática e manicure, além das aulas de ginástica, aeróbica, dança e oficinas
de artesanato. Além disso, visitam asilos, levam assistência as família e,
fazem eventos semanais, sempre trabalhando a auto estima do idoso.




Anjos da Madrugada
O projeto Anjos da Madrugada atua com base em três necessidades essenciais de
pessoas que vivem em situação de rua: físicas, sociais e espirituais. As ações
do grupo estão diretamente ligadas ao resgate e auxílio dos moradores de rua,
intermediando a ida destes para abrigos da prefeitura (quando desejam) e
suprindo as necessidades básicas deles por meio de doações de roupas,
alimentos, cobertores e material de higiene pessoal, arrecadados pelo grupo
também por meio de doações. Os Anjos da Madrugada também presta serviços
gratuitos em diversas áreas, como higiene pessoal (manicure, pedicure e corte
de cabelo), assistência social e suporte para obtenção de documentos – tudo
executado por profissionais e parceiros capacitados. Os voluntários trabalham
ainda no intuito de ajudar essas pessoas a voltar para casa e reencontrar os
familiares nas cidades de origem, à medida que encontram parceiros que aceitem
financiar a viagem. Na recolocação no mercado de trabalho dos moradores de rua,
os Anjos da Madrugada age por meio da busca por emprego, com a elaboração de
currículos com fotos e direcionamento aos órgãos públicos que fazem
recrutamento. O grupo também ajuda a alfabetizar aqueles que demonstram
interesse.



A realização desses projetos é apenas é possível porque pessoas de boa vontade
e comprometidas com a solidariedade e amor ao próximo trabalham voluntariamente
para que aquele que está vivendo em condições de vulnerabilidade seja resgatado
como cidadão completo. Portanto, pelo valor inestimável do trabalho desses
voluntários, que dia após dia separam momentos preciosos de suas vidas para se
doar ao próximo e para que este trabalho seja reconhecido publicamente servindo
de inspiração para muitas pessoas, solicito aos nobres colegas parlamentares a
aprovação do presente Projeto de Lei.

Sala das Reuniões, em 31 de agosto de 2015.

Bispo Ossésio Silva
Deputado


Informações Complementares

Status
Situação do Trâmite: Concluída e Arquivada
Localização: Arquivo

Tramitação
1ª Publicação: 01/09/15 D.P.L.: 5
1ª Inserção na O.D.: 09/11/2015 Página D.P.L.:

Sessão Plenária
Result. 1ª Disc.: Aprovada Data: 09/11/2015
Result. 2ª Disc.: Aprovada Data: 17/11/2015

Resultado Final
Publicação Redação Final: 18/11/2015 Página D.P.L.: 20
Inserção Redação Final na O.D.:
Resultado Final: Aprovada Data: 18/11/2015


Documentos Relacionados

Tipo Número Autor
Parecer Aprovado 1300/2015 Eduíno Brito
Parecer Aprovado 1179/2015 Tony Gel
Parecer Aprovado 1385/2015 Eduíno Brito
Parecer Aprovado 1439/2015 Everaldo Cabral