Brasão da Alepe

Requerimento No 1478/2015

Texto Completo

Requeremos à Mesa, ouvido o Plenário e cumpridas as formalidades regimentais,
que seja consignado na Ata dos Trabalhos de hoje um Voto de Congratulações ao
Santa Cruz Futebol Clube, pela conquista do Vice-campeonato Brasileiro da Série
B de 2015.

Justificativa

Neste último sábado, Santa Cruz e Vitória se enfrentaram no Estádio Arruda,
pela última rodada do Campeonato Brasileiro da Série B e, em duelo direto pelo
vice-campeonato da Segundona, os donos da casa venceram por 2 a 0. Os gols
foram marcados por Allan e Daniel Costa.
Com o resultado, o Santa Cruz foi chegou à marca de 67 pontos e tirou a segunda
colocação do Vitória, que permaneceu com 66. Além de se sagrar vice-campeão, o
Tricolor do Arruda ficou mais próximo de alcançar uma vaga na Copa
Sul-Americana de 2016.
O jogo
Apesar de as duas equipes já terem garantido o acesso à Série A, o jogo não
começou morno como muitos esperavam. Logo aos sete minutos, o Santa já teve uma
boa chance de abrir o placar. Grafite recebeu no ataque, tocou de calcanhar
para Luisinho, que fez bom passe para Daniel Costa. O meia chutou forte, mas a
bola foi por cima do gol.
O Vitória não perdeu tempo e respondeu logo no minuto seguinte. Diego Renan
mandou uma bomba de fora da área e obrigou Tiago Cardoso a fazer uma grande
defesa.
Aos 15, foi a vez de Vander quase abrir o placar para o Vitória. O atacante
recebeu livre dentro da área, mas chutou fraquinho, nas mãos do goleiro.
Com 23 jogados, o Santa ficou muito perto de abrir o placar. Grafite recebeu
grande passe de Lelê, saiu cara a cara com Fernando Miguel, driblou o goleiro e
mandou para o gol. Porém, antes de a bola entrar, Ramon se jogou e salvou o
lance quase em cima da linha.
Cinco minutos depois, mais uma vez Grafite quase inaugurou o placar. O veterano
saiu na frente de Fernando Miguel, chutou forte e rasteiro, mas o goleiro do
Leão esticou a perna e fez bem a defesa.
Depois de muito pressionar, Santa finalmente abre o placar
Com a pressão do Santa aumentando cada vez mais, a Cobra Coral chegou ao gol
aos 35 minutos, mas a arbitragem anulou o lance e marcou impedimento. Daniel
Costa cobrou na área e Danny Morais cabeceou para o gol, mas a o auxiliar viu
bem a irregularidade.
Aos 39, foi a vez de Allan mandar para as redes e, desta vez, em um lance
legal. O lateral esquerdo aproveitou bem a cobrança de escanteio, subiu e jogou
para o fundo do gol.
A pressão era enorme e o Santa Cruz ainda acertou a trave antes do final do
primeiro tempo. Cobrança de escanteio na área do Vitória. Fernando Miguel
afastou, Luisinho pegou a sobra e, de primeira, mandou a bola na trave.
No segundo tempo, a pressão da Cobra Coral continuou e a equipe teve duas
oportunidades nos cinco primeiros minutos. Aos quatro, Guilherme Mattis saiu
jogando errado, Luisinho tocou para Lelê, que driblou Fernando Miguel e chutou
para o gol, mas goleiro do Vitória conseguiu se recuperar e espalmou para
escanteio.
Em seguida, Daniel Costa cobrou escanteio na área do Vitória, a defesa do Leão
tocou de leve e a bola entrou no gol, ampliando o placar no Arruda. Na
comemoração, os pernambucanos abraçaram Daniel Costa.
Jogo parecia decidido, mas três gols agitaram o Arruda
Aos 19 minutos, o Vitória quase diminuiu. Na cobrança de escanteio, a defesa do
Santa cortou, mas Marcelo pegou bonito, sem pulo. A bola passou por cima e
assustou a meta de Tiago Cardoso.
Aos 37 minutos, quando o jogo já parecia decidido, o Vitória colocou fogo no
jogo. Vander recebeu na direita, na entrada da área do Santa, cortou o marcador
e mandou um chutaço no ângulo para fazer um golaço no Arruda.
Ainda houve tempo para o Santa fazer mais um. Raniel driblou Diogo Mateus,
entrou na área do Vitória e sofreu pênalti de Guilherme Mattis. Na cobrança,
Bruno Moraes deslocou Fernando Miguel e colocou a bola no canto para fechar o
placar e dar o vice-campeonato ao Santa Cruz.
Considerando como plenamente justificado, só nos resta solicitar dos nossos
ilustres pares nesta Casa Legislativa, sua necessária aprovação, no intuito do
seu atendimento.

Histórico


[03/12/2015 17:06:05] Enviada p/Comunicação
[01/12/2015 17:11:06] Enviada p/Publicação
[01/12/2015 17:09:44] À publicação
[01/12/2015 16:21:56] Proposição Numerada
[01/12/2015 09:55:41] Enviada

Sala das Reuniões, em 1 de dezembro de 2015.

Bispo Ossésio Silva
Deputado


Informações Complementares

Status
Situação do Trâmite: Enviada p/Comunicação
Localização: Comunicação

Tramitação
Publicação: 02/12/2015 D.P.L.: 22
Inserção na O.D.: 03/12/2015 Página D.P.L.:


Resultado Final
Publicação Redação Final: Página D.P.L.:
Inserção Redação Final na O.D.:
Resultado Final: Aprovada Data: 03/12/2015


Esta proposição não possui emendas, pareceres ou outros documentos relacionados.