Brasão da Alepe

Requerimento No 1478/2015

Texto Completo

Requeremos à Mesa, ouvido o Plenário e cumpridas as formalidades regimentais,
que seja consignado na Ata dos Trabalhos de hoje um Voto de Congratulações ao
Santa Cruz Futebol Clube, pela conquista do Vice-campeonato Brasileiro da Série
B de 2015.

Justificativa

Neste último sábado, Santa Cruz e Vitória se enfrentaram no Estádio Arruda,
pela última rodada do Campeonato Brasileiro da Série B e, em duelo direto pelo
vice-campeonato da Segundona, os donos da casa venceram por 2 a 0. Os gols
foram marcados por Allan e Daniel Costa.
Com o resultado, o Santa Cruz foi chegou à marca de 67 pontos e tirou a segunda
colocação do Vitória, que permaneceu com 66. Além de se sagrar vice-campeão, o
Tricolor do Arruda ficou mais próximo de alcançar uma vaga na Copa
Sul-Americana de 2016.
O jogo
Apesar de as duas equipes já terem garantido o acesso à Série A, o jogo não
começou morno como muitos esperavam. Logo aos sete minutos, o Santa já teve uma
boa chance de abrir o placar. Grafite recebeu no ataque, tocou de calcanhar
para Luisinho, que fez bom passe para Daniel Costa. O meia chutou forte, mas a
bola foi por cima do gol.
O Vitória não perdeu tempo e respondeu logo no minuto seguinte. Diego Renan
mandou uma bomba de fora da área e obrigou Tiago Cardoso a fazer uma grande
defesa.
Aos 15, foi a vez de Vander quase abrir o placar para o Vitória. O atacante
recebeu livre dentro da área, mas chutou fraquinho, nas mãos do goleiro.
Com 23 jogados, o Santa ficou muito perto de abrir o placar. Grafite recebeu
grande passe de Lelê, saiu cara a cara com Fernando Miguel, driblou o goleiro e
mandou para o gol. Porém, antes de a bola entrar, Ramon se jogou e salvou o
lance quase em cima da linha.
Cinco minutos depois, mais uma vez Grafite quase inaugurou o placar. O veterano
saiu na frente de Fernando Miguel, chutou forte e rasteiro, mas o goleiro do
Leão esticou a perna e fez bem a defesa.
Depois de muito pressionar, Santa finalmente abre o placar
Com a pressão do Santa aumentando cada vez mais, a Cobra Coral chegou ao gol
aos 35 minutos, mas a arbitragem anulou o lance e marcou impedimento. Daniel
Costa cobrou na área e Danny Morais cabeceou para o gol, mas a o auxiliar viu
bem a irregularidade.
Aos 39, foi a vez de Allan mandar para as redes e, desta vez, em um lance
legal. O lateral esquerdo aproveitou bem a cobrança de escanteio, subiu e jogou
para o fundo do gol.
A pressão era enorme e o Santa Cruz ainda acertou a trave antes do final do
primeiro tempo. Cobrança de escanteio na área do Vitória. Fernando Miguel
afastou, Luisinho pegou a sobra e, de primeira, mandou a bola na trave.
No segundo tempo, a pressão da Cobra Coral continuou e a equipe teve duas
oportunidades nos cinco primeiros minutos. Aos quatro, Guilherme Mattis saiu
jogando errado, Luisinho tocou para Lelê, que driblou Fernando Miguel e chutou
para o gol, mas goleiro do Vitória conseguiu se recuperar e espalmou para
escanteio.
Em seguida, Daniel Costa cobrou escanteio na área do Vitória, a defesa do Leão
tocou de leve e a bola entrou no gol, ampliando o placar no Arruda. Na
comemoração, os pernambucanos abraçaram Daniel Costa.
Jogo parecia decidido, mas três gols agitaram o Arruda
Aos 19 minutos, o Vitória quase diminuiu. Na cobrança de escanteio, a defesa do
Santa cortou, mas Marcelo pegou bonito, sem pulo. A bola passou por cima e
assustou a meta de Tiago Cardoso.
Aos 37 minutos, quando o jogo já parecia decidido, o Vitória colocou fogo no
jogo. Vander recebeu na direita, na entrada da área do Santa, cortou o marcador
e mandou um chutaço no ângulo para fazer um golaço no Arruda.
Ainda houve tempo para o Santa fazer mais um. Raniel driblou Diogo Mateus,
entrou na área do Vitória e sofreu pênalti de Guilherme Mattis. Na cobrança,
Bruno Moraes deslocou Fernando Miguel e colocou a bola no canto para fechar o
placar e dar o vice-campeonato ao Santa Cruz.
Considerando como plenamente justificado, só nos resta solicitar dos nossos
ilustres pares nesta Casa Legislativa, sua necessária aprovação, no intuito do
seu atendimento.

Sala das Reuniões, em 1 de dezembro de 2015.

Bispo Ossésio Silva
Deputado


Informações Complementares

Status
Situação do Trâmite: Enviada p/Comunicação
Localização: Comunicação

Tramitação
Publicação: 02/12/2015 D.P.L.: 22
Inserção na O.D.: 03/12/2015 Página D.P.L.:


Resultado Final
Publicação Redação Final: Página D.P.L.:
Inserção Redação Final na O.D.:
Resultado Final: Aprovada Data: 03/12/2015


Esta proposição não possui emendas, pareceres ou outros documentos relacionados.