Assembleia Legislativa de Pernambuco

Manoel Ferreira (PR)
Informações
Perfil

Clique na foto para enviar um e-mailO deputado Estadual Manoel Ferreira exerce o seu sexto mandato consecutivo na Assembléia Legislativa de Pernambuco. Iniciou sua carreira política em 1986, quando conquistou seu primeiro mandato, reelegendo-se em 1990, 1994, 1998, 2002 e 2006. Tem como base eleitoral a Região Metropolitana do Recife.

Sua ampla atuação na Assembléia Legislativa lhe rendeu, por três vezes, o cargo de Secretário da Mesa Diretora.

O deputado também atuou como vice-presidente da Comissão da Cidadania, além de integrar a CPI dos Medicamentos, e das Comissões Permanentes de Administração Pública, Constituição, Legislação e Justiça, Educação e Cultura, Finanças, Orçamento e Economia.

Antes de seguir carreira política foi de Representante Comercial a Corretor de Imóveis. Como Parlamentar tem abraçado as causas desses profissionais.

Exerce o cargo de Presbítero da Assembléia de Deus, em Pernambuco, representando a classe evangélica da qual é integrante há mais de 35 anos. Manoel Ferreira tem uma grande atuação nos segmentos evangélicos e nas áreas sociais. Costuma sempre lembrar em seus discursos o papel fundamental da família no processo de reconstrução da cidadania e do respeito à vida.

  • Conseguiu aprovar a lei que obriga o ensino religioso nas escolas do estado;
  • Autor do projeto de lei que insere a expressão "Deus seja louvado" nos vales transportes;
  • Autor do Projeto de Lei que proíbe a venda de brinquedos com forma de armas de fogo;
  • Lançou a marcante campanha "Desarme-se Pernambuco";
  • Vem combatendo junto a emissoras, a divulgação do sexo na TV;
  • Apresentou projeto que obriga o uso da tarja e do lacre nas revistas censuradas até 18 anos;
  • Tem lutado contra a legalização do aborto e o casamento entre os homossexuais;
  • Autor do Projeto de Lei que proíbe a utilização do cerol em linha ou cordão para pipas empinadas;
  • Propôs a proibição da propaganda comercial de Motéis, em outdoor;
  • Autor do Projeto de Lei que implanta o Programa Estadual de saúde vocal, objetivando a prevenção de disfonias (alteração da voz) em professoras da rede estadual de ensino;
Os artigos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) que tratam da punição a infratores juvenis foram questionados pelo deputado Manoel Ferreira (PR), que é contra a maioridade criminal e a exclusão da ficha corrida quando o menor que cometeu delito completa 18 anos.

Manoel Ferreira defende que os jovens infratores tenham o prazo de internação ampliado, pois as penas alternativas, que deveriam funcionar como meios de ressocialização, não funcionam, e os adolescentes voltam a trabalhar para os bandidos. O deputado reconhece que a situação social do País é a raiz da criminalidade juvenil, mesmo assim, acredita que esses casos devem ser punidos de forma mais rígida.

"A maneira como esses crimes são tratados fortalece a impunidade e a revolta da população. Cada vez mais os jovens estão se armando e nenhuma medida eficiente é adotada. Não resta dúvida de que o ECA deva mudar."

Os problemas com financiamento imobiliário foram levados ao plenário da Assembléia Legislativa pelo deputado Manoel Ferreira. Os descumprimentos contratuais, cobranças indevidas de juros e a desinformação quanto à incidência dos índices de correção utilizados ao longo do contrato são verdadeiras armadilhas e podem transformar o sonho da casa própria num pesadelo para os menos precavidos. "O Executivo Federal deve criar um meio de financiamento que responda às necessidades de todas as classes sociais do País", frisa o deputado.

Manoel Ferreira é contra a regulamentação da prostituição e defendeu a implementação de projetos de ressocialização, nos quais o Governo ofereça emprego para essas pessoas.

"Não devemos regulamentar esse tipo de situação, mas sim darmos exemplos plausíveis de dignidade profissional".

O parlamentar sempre defendeu uma política de empreendedorismo que deveria ser adotada pelo Governo Federal, principalmente no que se refere ao enfrentamento do desemprego em escala regionalizada.

Sempre que pode, o deputado destaca seu posicionamento contrário à legalização do aborto e os vários fatores que ocasionam sacrifícios à vida humana. "As autoridades precisam mostrar à sociedade, por meio de veículos de divulgação, o grande mal moral, físico, psíquico e espiritual que o aborto acarreta."

Sendo o mais antigo parlamentar representante evangélico da Assembléia Legislativa do Estado, sempre procurou conduzir seus posicionamentos deforma clara e objetiva, levando ao diálogo os assuntos que sejam essenciais ao bem estar da sociedade pernambucana.


Atividade parlamentar

Rua da União, 439, Boa Vista, Recife, Pernambuco, Brasil, CEP: 50050-909
PABX:(081) 3183-2211 - Fax:(081) 3423-4881 Fala-Cidadão: 0800 281 2244
E-mail: ouvidoria@alepe.pe.gov.br
CNPJ: 11.426.103/0001-34 - Inscrição Estadual: Isenta