Fabíola Cabral ressalta legislação para proteger mulheres

Em 14/03/2019 - 13:03
-A A+
Reunião Plenária

CRIME – Deputada também lembrou o assassinato da vereadora Marielle Franco, que completou um ano. Foto: Jarbas Araújo

A passagem do Dia Internacional da Mulher foi destacada pela deputada Fabíola Cabral (PP) na Reunião Plenária desta quinta (14). Em pronunciamento, a parlamentar exaltou a Lei Maria da Penha e a Lei da Importunação Sexual, mas afirmou que a luta ainda é longa. Ela também lembrou o assassinato da vereadora Marielle Franco, que completa um ano hoje, e fez apelo para que o caso seja definitivamente esclarecido.

“Gostaria de reiterar a minha força e luta contra a opressão e em defesa das mulheres”, declarou. Ao citar estatísticas de feminicídio no País e no Estado, a deputada lamentou o aumento dos casos. “Apesar da preocupação com o avanço dos números, acho que podemos creditar o crescimento, também, ao fato de o tema estar deixando de ser tabu, passando a ser denunciado”, avaliou.

Além das legislações em defesa da mulher aprovadas nos últimos anos, Fabíola Cabral elencou avanços na conquista de espaços, a exemplo da maior participação feminina na Parlamento Estadual. “Mas ainda ficaremos aqui sem descansar enquanto existirem mulheres sem conseguir ir para casa.”

A deputada encerrou o discurso convocando todos para a luta pelo respeito, pela igualdade e dignidade das mulheres: “Essa batalha é nossa. E nossa não significa dizer que é restrita às mulheres. É de toda a sociedade. Cabe a cada um de nós”.