Poder Legislativo homenageia 25 anos da Escola Superior de Advocacia

Em 08/08/2018 - 20:08
-A A+
Reunião Solene em homenagem aos 25 anos da Escola Superior de Advocacia da Ordem dos Advogados do Brasil - Secção de Pernambuco (ESA-PE)

CERIMÔNIA – Entidade que promove aperfeiçoamento profissional dos advogados foi representada pelo diretor, Carlos Neves, que recebeu placa comemorativa. Reunião Solene, coordenada pelo presidente da Casa, Eriberto Medeiros, foi proposta por Rodrigo Novaes. Foto: Sabrina Nóbrega

Os 25 anos de fundação da Escola Superior de Advocacia (ESA) da Ordem dos Advogados do Brasil (Secção Pernambuco) foram comemorados em Reunião Solene na Assembleia, na noite desta quarta (8). A entidade, homenageada por iniciativa do deputado Rodrigo Novaes (PSD), tem o objetivo de promover o aprimoramento profissional e cultural dos filiados à OAB/PE.

Criada em julho de 1993, a escola recebeu o nome de Professor Ruy Antunes. Nos primeiros anos de funcionamento, começou a dar ênfase à interiorização das atividades, formando caravanas que foram levadas a cidades-polos do Estado com a finalidade de promover cursos, congressos, seminários e debates com juristas.

“Nos últimos anos, a Escola Superior de Advocacia aumentou o número de alunos e de cursos, com destaque para os de pós-graduação, fortalecendo a imagem como referência nacional no que diz respeito ao seu importante papel: ser o braço educacional de uma seccional da OAB”, observou o presidente da Alepe, deputado Eriberto Medeiros (PP), que coordenou a cerimônia.

Para Novaes, “a escola, cujos valores abrangem a ética na advocacia, a transparência nas relações dos advogados com os clientes e a sociedade, além do respeito à Constituição e à legislação, assegura à sociedade o incremento qualitativo dos defensores do direito e da cidadania”.

O diretor da ESA, Carlos Neves, agradeceu a homenagem da Assembleia e ressaltou os avanços em 25 anos de atividades. “A instituição tem atingido plenamente sua missão de preparar os profissionais para lidar com os impactos da tecnologia na advocacia, além de servir como ponte entre a categoria e o mercado de trabalho”, declarou. Segundo ele, nos últimos dez anos, mais de sete mil advogados passaram pelos cursos de pós-graduação da escola, realizados em parceria com o grupo Ser Educacional. Neves recebeu uma placa comemorativa da Alepe em alusão ao aniversário da entidade.

Atualmente, a ESA possui oito turmas de pós-graduação com cerca de mil alunos, promove cursos presenciais e de educação a distância, conta com biblioteca digital, programa de intercâmbio, entre outros. Um dos projetos mais recentes é o de Residência Jurídica, que leva jovens advogados para atuar em escritórios de advocacia.