Sílvio Costa Filho denuncia uso da máquina pública com fins eleitorais em Paudalho

Em 15/05/2018 - 18:05
-A A+

QUESTIONAMENTO – Segundo o parlamentar, dois aspirantes a cargos eletivos irão participar de audiência pública sobre abastecimento d’água no município. Foto: Jarbas Araújo

A realização de uma audiência pública pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) para debater uma obra de abastecimento no distrito de Guadalajara, em Paudalho (Mata Norte), foi apontada nesta terça (15) como um possível uso da máquina pública com fins eleitorais pelo líder da Oposição, Sílvio Costa Filho (PRB).

Segundo o discurso do parlamentar no Pequeno Expediente, a evidência do uso eleitoreiro está no evento ser anunciado na localidade com a presença de dois aspirantes a cargos eletivos nas eleições de 2018: o ex-secretário estadual de Administração, Milton Coelho (pré-candidato a deputado federal pelo PSB) e o vereador de Carpina Diogo Prado (pré-candidato a deputado estadual pelo PSC).

“O evento está sendo anunciado em carros com alto-falante na cidade, com as presenças do presidente da Compesa, Roberto Tavares, e de Milton Coelho e Diogo Prado. Ao mesmo tempo, nem o prefeito nem os vereadores de Paudalho sequer foram convidados”, declarou Costa Filho. Segundo o parlamentar, “essa é uma ação eleitoreira que se configura claramente como abuso de poder econômico”. O líder oposicionista anunciou que irá tomar medidas legais para investigar o caso e pediu atenção a todos os deputados da Casa para a questão.