Diogo Moraes comenta investidas de assaltantes contra agências bancárias em Santa Cruz do Capibaribe

Em 12/04/2018 - 12:04
-A A+
Reunião Plenária

CRIMES – Deputado relatou que população ficou assustada e cobrou agilidade nas investigações. Foto: Roberto Soares

Assaltos a duas agências bancárias em Santa Cruz do Capibaribe (Agreste Setentrional), durante a madrugada, foi tema de pronunciamento do primeiro-secretário da Alepe, deputado Diogo Moraes (PSB), nesta quinta (12). Após invadir agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal, os criminosos trocaram tiros com a polícia, mas não houve feridos. Atuação do 24º Batalhão da Polícia Militar foi elogiada pelo parlamentar, que cobrou celeridade do Poder Judiciário.

“A população ficou totalmente assustada com o que aconteceu esta madrugada. Como cidadão de Santa Cruz de Capibaribe, passei a noite em claro diante dessa barbaridade”, contou. Crime semelhante ocorrido em Ibimirim (Sertão do Moxotó), também nesta madrugada, foi mencionado por Diogo Moraes: “Diferentemente do que houve no Agreste, a ação em Ibimirim resultou na morte dos quatro assaltantes envolvidos, durante tiroteio com a polícia”. “São dois crimes de mesmo teor, que ocorreram na madrugada em diferentes regiões do Estado”, chamou atenção.

“Parabenizo o 24º Batalhão da PM pela ação rápida e organizada, conseguindo evitar óbitos”, destacou na tribuna, em pronunciamento no Pequeno Expediente. “Temos um comandante compromissado com a tropa e um governador empenhado. Precisamos de um Poder Judiciário célere e eficiente”, frisou, observando que as audiências de custódia atrasam o cumprimento da pena: “Faço um apelo à Justiça para que coloque logo atrás das grades essas pessoas, caso contrário, ficará a sensação de insegurança e a possibilidade de novos crimes”.