Rodrigo Novaes quer que Compesa reduza percentual da taxa de saneamento no Interior

Em 06/12/2017 - 16:12
-A A+
VARIAÇÃO - Segundo deputado, em alguns municípios, taxação tem chegado a 80% da tarifa de água. Foto: Roberto Soares

VARIAÇÃO – Segundo deputado, em alguns municípios, taxação tem chegado a 80% da tarifa de água. Foto: Roberto Soares

O deputado Rodrigo Novaes (PSD) fez um apelo, na Reunião Plenária desta quarta (6), ao presidente da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Roberto Tavares, e ao Governo do Estado para que seja revista a taxa de saneamento cobrada em municípios do Interior. Pela norma vigente, as tarifas dos serviços de coleta e tratamento de esgotos sanitários podem variar entre 40% e 100% sobre o valor da tarifa da água, levando em consideração a qualidade do serviço prestado.

“Existem municípios que vivem ainda numa situação bastante difícil no que diz respeito a esse tipo de serviço, e já se está cobrando 80%. Em Parnamirim (Sertão Central), as pessoas que tinham a conta da água de R$ 100 passaram a pagar R$ 180 depois de implantado o serviço. É necessário que esses valores sejam revistos no Interior, onde as pessoas vivem de maneira mais precária”, pontuou.