Adalto Santos pede aplicação de lei que regulamenta uso de celulares nas escolas

Em 19/06/2017 - 15:06
-A A+

APELO – O parlamentar informou que fará uma indicação ao Governo do Estado pedindo que a norma seja efetivamente colocada em prática. Foto: Roberto Soares

Em pronunciamento no Pequeno Expediente desta segunda (19), o deputado Adalto Santos (PSB) demonstrou preocupação com o uso de aparelhos celulares por estudantes nas salas de aula. Ressaltando que a utilização da ferramenta nas instituições de ensino de Pernambuco é regulamentada pela Lei Estadual n° 15.507/2015, ele informou que fará uma indicação ao Governo do Estado pedindo que a norma seja efetivamente colocada em prática.

“Venho à tribuna dar ciência aos demais parlamentares sobre a indicação que farei ao Governo do Estado. É preciso fazer valer a lei e tirar nossas crianças e jovens do caminho da ignorância”, informou. De acordo com Santos, estudos científicos revelam a diminuição da capacidade intelectual de pessoas que utilizam celulares por longos períodos. “A norma precisa ser respeitada. Isso não será feito à força, mas conscientizando os alunos”, acredita.

A Lei 15.507, proposta pelo então deputado Professor Lupércio, foi sancionada pelo governador Paulo Câmara em 21 de maio de 2015. Segundo a norma, é proibido o uso de aparelhos celulares e equipamentos eletrônicos nos estabelecimentos de ensino públicos ou privados de Pernambuco, a não ser que haja prévia autorização para utilização da ferramenta em atividades pedagógicas.