Rodrigo Novaes critica interrupção de projeto de irrigação no Sertão

Em 18/05/2017 - 15:05
-A A+

RECURSOS – Segundo o parlamentar, a Codevasf reduziu o repasse de verbas, inviabilizando a atividade agrícola na região. Foto: João Bita

Suspensão de projeto de irrigação no Perímetro Irrigado de Itaparica foi denunciada pelo deputado Rodrigo Novaes (PSD), nesta quinta (18), quando cobrou ação do Ministério da Integração Nacional e da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). O parlamentar destacou que “a situação é um absurdo e tem prejudicado cerca de sete mil famílias da região”.

De acordo com o deputado, a Codevasf, que tem a responsabilidade de manter o sistema de irrigação funcionando, reduziu o repasse de R$ 75 milhões para R$ 19 milhões, inviabilizando a atividade agrícola na região. Novaes também chamou atenção para o fato de que “esses recursos só garantirão a continuidade do projeto até junho”.

O deputado informou que, pela manhã, produtores rurais de Petrolândia (Sertão de Itaparica) bloquearam a BR-316 com máquinas agrícolas, em repúdio à atitude. “Diante dessa situação de descaso, os produtores também desligaram a bomba de estação da Transposição do Rio São Francisco”, informou.

Novaes afirmou ainda que, nessa quarta (17), entrou em contato com o ministro Fernando Bezerra Filho, de Minas e Energia, para que interceda no caso junto ao Ministério da Integração Nacional: “Espero que a Codevasf traga para si a responsabilidade sobre o projeto e que o ministro da Integração Nacional tome medidas urgentes no sentido de normalizar o financiamento dessa iniciativa”, ressaltou.