Comissão de Meio Ambiente ressalta ações realizadas em 2016

Em 11/01/2017 - 10:01
-A A+

ATUAÇÃO – Ao longo do ano, o colegiado promoveu 15 reuniões ordinárias para distribuição e discussão de projetos de lei. Foto: Rinaldo Marques

O ano de 2016 foi considerado produtivo pelos integrantes da Comissão de Meio Ambiente da Assembleia. Ao longo do período, o colegiado realizou 15 reuniões ordinárias para distribuição e discussão de projetos de lei. Entre as propostas recebidas, destaque para a proposição de autoria do ex-deputado Miguel Coelho (PSB), que tinha como objetivo regulamentar as feiras de produtos orgânicos em Pernambuco.

Além disso, a Comissão  realizou eventos internos na Alepe, como a Semana do Meio Ambiente, e investigou, in loco, denúncias de agressão ambiental. Entre os locais visitados, estão a praia de Carne de Vaca, em Goiana, na Mata Norte, e o leito do Rio Ipojuca, no Grande Recife. O presidente do grupo parlamentar, deputado Zé Maurício (PP), fez um balanço das atividades em 2016. “Foi muito positivo porque conseguimos fazer a interação entre as ações da Assembleia, do Poder Executivo e do Poder Judiciário. As iniciativas foram movidas em razão de algumas denúncias ou demandas trazidas pela população”, frisou.

Durante o ano, o colegiado ainda realizou três audiências públicas. Entre os assuntos em destaque, a preservação do manguezal no Pontal de Maracaípe, o embargo das obras da Arena Porto e a Política Nacional de Resíduos Sólidos, tema que, segundo o deputado Zé Maurício, é uma das prioridades do colegiado em 2017. “Nós temos várias cidades com lixões, e isso tem afetado bastante a saúde da população pernambucana. Nós vamos tentar mediar para ver qual é a melhor solução. Outro ponto principal também seria em relação à energia”, concluiu.